Bandidos!!

Aberta em 16 Ago 2019

Centro Cell Eletronicos


Ciudad del Este

Ultima Atualização

6 meses, 1 semana

- Rafael

- Aberta


TUDO SAFADO! Fui levado a essa loja através de um "guia" que disse se chamar Leandro. Como era minha primeira ida ao Paraguai e não conhecia, esse guia me disse que a loja era de brasileiros, que eles dividiam as compras por ter maquininha de cartão brasileira, enfim, fomos até a loja: eu queria comprar uma TV BOX, logo quando entramos, falamos com um vendedor BRASILEIRO que disse morar em Foz e ser natural de Curitiba, não me recordo o nome do INFELIZ. Ele me ofereceu um aparelho chamado HTV, um que tem o símbolo de uma casinha em cima dele, o preço informado era de R$ 350,00, como fiz algumas pesquisas, inclusive havia olhado o valor na Mega Eletrônicos (loja conceituada), percebi que o valor estava parecido, na Mega estava um pouco mais caro(R$ 60,00), por isso resolvi comprar e deixei separado, no decorrer das conversas, perguntamos quanto estava o preço do Iphone XS, e ele nos disse que tava saindo por R$ 3.600,00, isso mesmo, R$ 3.600,00, uma diferença de R$ 1.300,00, do que estava vendendo na Mega. Minha esposa como boa mineira desconfiada que é, perguntou a ele se no Brasil o telefone funcionava, aí ele nos disse: "Não é homologado pela ANATEL, então não!", aí eu disse em tom sarcástico: Então eu vou ter que me mudar para o Paraguai para usa-lo? - Ele percebeu que nós não eramos bobos como ele imaginava, mas mesmo assim, veio com um papo para comprarmos um XIAOMI REDMI 7 NOTE, dizendo que tinha as mesmas características e layout do Iphone, ainda teve a capacidade de dizer que para quem não consegue se acostumar com o sistema operacional da Xiaomi, que é possível instalar o IOS nele (kkkkkkkkkk, olha o naipe), aí fomos dando corda, quando então, ele diz que o telefone custa 2100,00, mas que venderia 2 para nós por 1800 cada, total de 3600, preço do Iphone. Disse a ele que não queríamos, e iriamos ficar só com o aparelho. Nesse tempo que ficamos lá recebendo as ofertas, percebemos um grande número de clientes entrando na loja com insatisfação, com dizeres do tipo: "mas n foi isso que vc me falou", "vc me vendeu o negócio com defeito", ficamos espertos também por esses motivos. Quando fui finalizar a compra do TV BOX, ele disse para eu ir no caixa acertar a compra, mas eu disse que queria que ele testasse o aparelho primeiro, ele disse que não tinha problema, que o funcionário dele ia no estoque buscar o aparelho, nesse momento eu cai na armadilha e paguei, dividi a compra em uma maquininha de cartão do brasil, e me cobraram uma taxa de 10% referente a juros, ou seja, o aparelho saiu por R$ 385,00. Dei meu documento para tirarem cópia, e assinei em baixo(burro demais), fiquei cerca de 10 minutos esperando o rapaz trazer o aparelho e então o cara que me vendeu, parou de falar comigo e me dar a atenção que estava dando em quanto me vendia os produtos, foi quando perguntei: Amigo, cadê o aparelho, vc não vai testar?" - Ele me responde: " Rapaz, acabou o aparelho que te vendi, e outra, ele é ruim, não é completo, não pega os PREMIERE" - Eu disse: Mas vc me vendeu o aparelho e eu paguei por ele, como vamos fazer agora? - Ele me mostrou um outro aparelho e disse: "Leva esse aqui então, ele é o mais top que tenho, porem, é mais caro, me dá R$ 150,00 de diferença que vc leva". Eu disse: NEGATIVO, PAGUEI POR AQUELE QUE VC ME VENDEU E QUE ESTÁ NO MOSTRUÁRIO, NÃO VOU LEVAR ESSE E MUITO MENOS PAGAR DIFERENÇA. - Ele insistentemente quis me enfiar o aparelho e ofertou uma volta de R$ 100,00 ainda. - Eu disse que não e pedi o cancelamento da compra na maquininha de cartão, que por sorte era uma maquininha brasileira, fui até o caixa e o cara que processou a compra, fez o cancelamento. Peguei a cópia do meu documento e fiz o caixa escrever de próprio punho que o valor mencionado havia sido devolvido e ele assinou embaixo. Primeira coisa que fiz quando sai da loja foi enviar um WPP para meu Gerente do banco e verificar se de fato a compra havia sido cancelada, uma vez que ele processou tal cancelamento, mas a maquininha dele não emitia comprovante. Cheguei a ver o status no telefone dele. Para minha sorte a compra não foi processada. Fomos embora contrariados, pq é uma situação frustrante. Resolvemos ir a praça de alimentação e quando estávamos indo embora eu cruzo com o BABACA que tentou me passar para trás. Ele na maior cara de pau me disse: "e aí amigo, n vai levar o celular"? - Eu falei - Cara, vc é brasileiro, que atitude a sua hein, querendo passar brasileiro para trás. Aí ele diz: " Cara, isso aqui é COMÉRCIO, é assim, tem que ser esperto." - É mole? Graças a Deus conseguimos nos safar dessa, porem, foi uma experiencia ruim, uma sentimento de ser enganado é péssimo.

DETALHE: O CELULAR XIAOMI REDMI 7 NOTE QUE ELE QUERIA NOS VENDER E DISSE QUE DARIA UM DESCONTO DE 800 REAIS NOS DOIS, ERA BALELA TAMBÉM - O TAL TELEFONE CUSTA 1000 REAIS NO BRASIL E LÁ ESTÁ EM TORNO DE 650 REAIS.

O QUE TENHO A DIZER É QUE SÓ COMPREM E VISITEM LOJAS CONCEITUADAS, NÃO VÃO NA ONDA DOS "GUIAS", DE PESSOAS NAS RUAS.

Abraços,

Voce precisa estar logado para comentar.